Mahalo!

Obrigado pelo primeiro mês do blog!!!

No início deste ano, nós (atletas amadores Alexandre Dourado e Henrique Ebert) resolvemos compartilhar informações sobre tudo que envolve as 3 modalidades do triathlon (natação, ciclismo e corrida), falamos sobre curiosidades, eventos ocorridos, vídeos de motivação, vídeos das antigas, tudo que achamos de bacana… Esse blog não tem ligação com nenhum atleta ou federação, simplesmente queremos compartilhar informações bacanas sobre o esporte que amamos.

O blog já se mostra um sucesso (muito mais do que nos esperávamos!!), e podemos ver isso nas estatísticas de acesso, podemos dizer que o blog bombou… foram quase 7.000 visualizações e mais de 3.500 visitantes nesse último mês!!!

E o blog não é exclusividade brasileira, tivemos acessos de mais de 10 países, mostrando a força do triathlon no mundo inteiro.

Agradecemos a todos que estão curtindo o blog, não esqueçam que a curiosidade de vocês também é a nossa, participem do blog, enviem sugestão, críticas, qualquer informação é válida! Qualquer uma mesmo!

Vlwwww!!!! E que fevereiro tenhamos muito mais novidades para compartilhar com vocês. (e vocês conosco!)

*Mahalo é obrigado em Havaiano. Saber disso pode ser muito útil em sua viagem para Kona ou Maui 😉

A vida dos triatletas profissionais – Javier Gomez

Javier Gomez

Sprint Gomez x Brownlee no ITU World Championshp 2013 em Londres – deu Gomez

Por Alexandre Dourado

Javier Gomez Noya dispensa grandes apresentações! Todos que iniciaram no triathlon agora já devem ter ouvido falar dele!

O espanhol de 1.78m e 69kg ( fico deprimido quando vejo o peso desses caras!!!! ), já  foi campeão mundial 3 vezes, além de três vice e um terceiro lugar (!!!), campeão europeu, venceu diversas etapas de World Cup, foi medalha de prata na olimpíadas de Londres, foi campeão mundial de X-TERRA, entre muitos outros feitos (ufa).

gomez xterra

X-Terra World Championship 2012 – Gomez levou também

Na minha opinião, Javier é o melhor triatleta da atualidade e o mais constante. Ele dificilmente se lesiona, e esta sempre rodando forte. Esse triatleta possui um Vo2 de 82 ml/kg/min, melhor tempo de natação 1500m pra 15:45 ( muito forte!!!! ) e corre os 10k abaixo de 30:00 em provas de triathlon ( seu melhor tempo de corrida nos 10k foi 29:10). A melhor série dele na pista foi 8 x 1000m pra 2:45 com intervalo de 2 minutos ( alguém encara??!!).

O vídeo apresentado pela specialized acompanha o atleta na semana antes da final do campeonato mundial de triathlon 2011. Neste vídeo, Javier declara que nada em torno de 20-23k por semana, roda 300k de bike (divididos em 5 dias) e corre 100k por semana (mas que muito Ironman faz por aí), mas ele deixa claro  foca bastante intensidade que na corrida, chega a fazer pista 3x por semana.

É nitido a origem esportiva vinda da natação, ele treina todos os estilos. No pedal, enfatiza os treinos trás moto, que simula o ritmo e velocidade que os pelotões da ITU chegam.

A prova que a Specialized acompanhou, ele conquistou bronze ( perdendo para os irmãos Brownlee), mas mesmo assim um grande feito ( mesma posição conquistada pelo Leandro Macedo em 1996 ).

Que raiva!!

Outro dia estava na piscina da Unique fazendo minha série e, do nada, tem um peixe nadando. Era o nadador Olímpico Glauber Silva! Fiquei indignado! O cara cai na água e, sem fazer força começa a me dar volta! Eu começo a apertar o ritmo e é simplesmente inútil!

Na verdade, dos atletas das três modalidades do Triathlon, só tenho raiva dos nadadores! Você vê no rosto dos ciclistas e corredores o sofrimento que eles estão suportando. Já os aquáticos não! Nem parecem que estão fazendo força. Lembra do Gustavo Borges, parecia que estava nadando em câmera lenta!!!!

Olha só como foi fácil para o chinê Sun Yang ganhar a medalha de ouro nos jogos olímpicos de Londres e bater o recorde mundial em mais de três segundos!!

Se você tiver um tempo, assista ao vídeo abaixo, peste atenção na técnica, na posição do corpo e no ritmo (impressionantes!!!). Depois tente imitar o que esse chinês faz prestando atenção em seu corpo. Claro, você não vai virar um exímio nadador do dia para a noite, mas vai ter dado o primeiro passo. Ah! Peça ajuda de seu treinador para que ele te observe nadando.

p.s: nadadores, eu não os odeio ❤

Não fique na vontade: vá!

pee

Sempre que digo que faço provas de Ironman e 70.3 acontece o seguinte diálogo:

-Como você faz xixi?

-Fazendo, uai – respondo.

– Mas, onde? Tem banheiros?

– Bem, banheiro tem, mas vai na roupa mesmo.

E daí, logo vem a cara de nojinho, uma pausa e, às vezes, uma outra pergunta.

Bem, mijar na roupa pode não se a coisa mais higiênica a se fazer, mas lembre-se: você está em uma competição! Quem quiser chegar mais rápido, ganhar de seu oponente, conseguir um pódio ou alguma coisa assim,  tem que fazer xixi na roupa sim!!!!

Meu amigo Leo Motta perdeu um pódio em Pirassununga porque parou para se aliviar em um banheiro químico durante a corrida. Pense em uma pessoa arrependida!

Também é possível urinar na bike (desfaça essa cara de nojo)! Basta escolher uma descida, ir para o canto direito da pista, imaginar uma cachoeira e aliviar-se!!!

Algumas orientações para fazer xixi na corrida ou no ciclismo devem ser observadas.

Na bike:

  • não faça com atletas por perto, além de atrapalha-los, ninguém gosta de um banho desses;
  • logo após aliviar, jogue água em seu corpo e na corrente; e
  • não ponha nada para fora, você pode ser preso por isso.

Na corrida:

  • pegue uma garrafa ou um copo de água para disfarçar;
  • diminua um pouco o passo para conseguir aliviar; e
  • continue sem por nada para fora.

Sim, sim! Eu sei que é nojento! Mas essas dicas, que podem parecer triviais para quem já faz provas longas há algum tempo, fazem toda a diferença para os menos experientes.

Ah! A outra pergunta é:

-E coco?

Coco não! Vá ao banheiro!

I know it´s not Triathlon, but I like it!

Por Alexandre Dourado
Uma grande vantagem de ser triatleta é saber apreciar 3 modalidades distintas, ou seja, sabemos as regras, estratégias, ídolos, etc, de 3 esportes diferentes.
Hoje me deparei com um vídeo do Giro d’ Itália 2013. Ele estava na minha tela inicial do youtube (esses caras do google sabem mais dos meus gostos do que eu mesmo!). Na verdade, é um resumo de 9 minutos de todas as etapas do Giro. Devo confessar que não acompanhei o Giro do ano passado  na integra.
Continuado… Fiquei surpreso com o grau de dificuldade dessa prova ( talvez mais difícil que o Tour d France), muitas etapas com chuva, o que gerou muitas quedas, etapas com subidas, com uma crono escalada inclusive, além da neve (obrigado aquecimento global). Fora que em todas todas as etapas os atletas  estavam dando 150%… E isso nem é tudo!
Tem um momento que o vídeo mostra o míssil Mark Cavendish precisando de apoio médico em todas as chegadas que ele fez ( o cara faz sprints a 80km/h, mantendo 1250W durante 20 segundos), mesmo quando não venceu a etapa.
Enfim, o vídeo mostra a plástica do contra relógio por equipe e mostra o quão dura é esta prova ( o clima não ajudou os atletas). E isso nos inspira a querer mais! Nós triatletas temos que dar o braço a torcer, esses caras podem não ser homens de ferro mas com certeza merecem algum título pelo sofrimento e pela determinação. Que tal um Ironlegs???? kkkkkkk

Porque somos apaixonados por Triathlon

As vezes perder um tempinho no Facebook vale a pena!

Meu amigo Chico White Castle compartilhou esse vídeo na página dele e tive de fazer o mesmo!

Imagina uma pessoa passar 17 horas fazendo um baita esforço físico? Então, foram 17 horas e 8 minutos (ninguém arredou o pé mesmo depois do tempo limite de 17)!!! E o mais legal: A TORCIDA! Ela ficou lá até depois da meia noite para receber o último atleta a terminar!!!!

Sem uma torcida o esporte não é nada!!

Arrepie-se! 

Essa é a minha opinião!

Lance

Lance Armstrong!

Esse nome causa muitas emoções nos apaixonados por esportes! Ele foi durante muito tempo a referência em superação. Ele não só venceu o Tour de France 7 vezes consecutivas, como ainda fez isso após derrotar o câncer!

Lance-Armstrong-cancer-photolance-armstrong-net-worth

Quando ele anunciou que iria voltar para o NadaPedalaCorre (isso mesmo, Lance era triatleta antes de ser ciclista – um bem desaforado, para dizer a verdade), o mundo do triathlon tremeu. E com razão! Na primeira metade de 2012 ele estava voando! Foram 5 top 10 em 5 eventos de Ironman 70.3, sendo duas vitórias, uma na Flórida e outra no Havaí!!!

lance inflorida

Lance trouxe ainda mais atenção para o triathlon. A transmissão do compacto do Ironman Kona  da NBC (rede americana de televisão) havia sido antecipada em um mês para mostrar a batalha de todos contra Lance nos Lava Fields. Isso mesmo!! Armstrong estava incomodando, afinal era um intruso, mesmo tendo pertencido a esse mundo num passado remoto (veja o video abaixo: em 1987 ele desafiava Mark Allen e Mark Pigg no Triathlon Internacional das Bermudas, com apenas 15 anos).

Porém, antes de competir no Ironman Nice, o processo da USADA estourou e ele foi impedido de competir em triatlhons WTC. De acordo com as regras dessa entidade atletas sob investigação/processo por doping estão suspensos. Posteriormente, ele foi banido do esporte. Foi um balde de água fria!

lance e oprah

Mais de um ano depois, Macca resolveu desafiar Lance em uma corrida mano a mano. Não seria um evento oficial por conta da punição do americano. Achei muito interessante ter esse tira teima… porém, nunca mais li nada a respeito.

POIS BEM! Há rumores de que a UCI (União de Ciclismo Internacional) está considerando reduzir a pena de Armstrong caso ele ajude nas investigações. Isso permitiria que  a lenda farsa Lance voltasse a competir.

Que o deixem competir!!!  Na minha opinião, o banimento do esporte não irá corrigir seus atos passados. A mancha que ele carrega, de ser a maior farsa do esporte, já é grande o suficiente. O doping é algo que sempre existiu no esporte e, INFELIZMENTE, sempre vai existir.  O que deve acontecer é o aumento do controle e que eles sejam mais eficazes, além da aplicação imediata das penas. Pior que o doping no esporte profissional é o doping no amador! E, este último é bem maior do que se imagina! Basta clicar aqui para se assustar!!

Nem era preciso, mas devemos frisar: ESSE BLOG É CONTRA O DOPING! Mas atletas são pessoas…