Bolão Ironman World Championship

ironman world cahmpionship 2015

Por Henrique Soares Ebert

Um dia desses, eu disse no Facebook que a semana que antecede o Ironman Floripa quando não se está inscrito parece Natal sem presente.

As semanas que antecedem a Kona quando se tinha a vaga é pior ainda. Parece que você ganhou o presente e aí o Papai Noel resolve do nada que você não se comportou no ano e toma sua bicicleta.

Deixando o MIMIMI de lado…

Vamos promover um bolão já que dia 10 será disputado o Ironman World Championship na Big Island.Eu imagino uma disputa épica tanto no masculino quanto no feminino. Então a brincadeira será legal. Explico:

Ivan Rana

Ivan Rana (AP Photo/Chris Stewart)

O papa léguas

Ivan Raña: é um nome que não pode ser descartado. Sua corrida o faz ganhar muitas posições ao final da prova. Entretanto, se ele não tiver melhorado na bike talvez nem um top 10 ele consiga este ano.

Marino Vanhoenacker

Marino Vanhoenacker

O sem palavra

Marino Vanhoenacker: o belga campeão do Ironman Brasil 2015 prometeu no ano passado de pé junto que nunca voltaria a competir no mundial. Parece que a palavra dele não vale muita coisa. Contudo, o belga de 39 anos terceiro colocado em 2010 tem ainda alguns truques na manga.

Tim Don

Tim Don

O Seu Madruga

O Tim Don voou no primeiro semestre, mas depois de uma queda o deixou fora da batalha na Áustria e o fez perder um importante período de preparação para Kona. Isso pode pesar contra ele. Mas, para mim, pode acabar ajudando: penso que um revés pode fazer com que o atleta cresça mentalmente. Por isso, o considero como um importante candidato. Entretanto, acho que ele corre por fora.

Andy Potts

Andy Potts

O Nadador

Andy Potts: o americano campeão do Pan 2007 e do mundial de Ironmnan 70.3 é sempre menosprezado na Big Island. Seu retrospecto, porém, é bem consistente. Dono de uma natação e corrida fortes, ele não fica para trás no ciclismo como o Raña, por isso espero dele mais um top 5, como no ano passado.

Frederik Van Lierde

Frederik Van Lierde

O Burocrata

Marino Vanhoenacker: o belga vencedor de 2013, terceiro em 2012, e 8 no ano passado nunca pode ser deixado de lado. Ele tem um estilo que não desperta muita atenção, mas é muito eficiente. Para falar a verdade, acho que ele só vence a prova se o pessoal abaixo quiser mostrar quem é mais foda no início do dia. Porém um top 5, ou 3 dele é bem provável.

Jan Frodeno

Jan Frodeno

O Foda

O Jan Frodeno ganhou tudo que tinha de importante para ganhar esse ano, notadamente o Ironman Frankfurt e o Mundial de 70.3 na Áustria. E nem adianta dizer que Kona é quente e que essas provas europeias foram disputadas em clima temperado. O cara foi terceiro lugar no ano passado na Big Island (para quem não se lembra). Ele vem com tudo.

Sebastian kienle

Sebastian kienle

O Rei (?)

O Tião Kienle é forte. O Ironman em Kona é uma prova que se encaixa no estilo dele: sair de trás na água, martelar no pedal e manter um passo forte na corrida. O retrospecto dele no Hawaii é muito bom. Mas, mais importante, ele não quer entregar a sua coroa. Fora que ele vem circulando numa Mercedes Classe V com o decalque que diz “Rei de Kona” (como o @hailesincero disse, meio pretensioso para quem só levou uma coroa lá), então, ele vai precisar fazer jus ao que está dizendo. Mas, será que a vontade de manter a realeza vai ser suficiente?

Mercedes Classe V KING OF KONA

Mercedes Classe V KING OF KONA

 Igor Amorelli KonaManocchio

Os brasileiros:

Minha torcida pelo Igor e pelo Manocchio é grande. O Guilherme acabou de vencer o Ironman Copenhagen, então vem com a moral lá em cima. O Amorelli vem para seu terceiro Mundial em Kona. Em um dia bom ambos podem conseguir um top 15, ou top 10.

Espero que eles tenham a mesma atitude que o Igor teve no ano passado, mesmo que não tenha rendido uma posição boa como em 2013, lhe deu muita exposição durante a transmissão da prova do ano passado.

Amanhã ou depois traga meus palpites para a prova feminina e declararei aberta a jogatina. Com as regras de como vai funcionar nosso bolão. Só adianto que o prêmio deste ano é igual ao do ano passado: nada!

É Campeão!

Por Henrique Soares Ebert

O nariz aerodinâmico deve ter ajudado.

O nariz aerodinâmico deve ter ajudado.

Essa semana Chicago é a capital do Triathlon Mundial. O Mundotri e a Trisport estão fazendo uma cobertura bacana.

O site da ITU tá trazendo bastante informação e nós do blog estamos só assistindo.

As competições começaram ontem e já tinha ficado muito feliz com o resultado do meu amigo Tiago Borges. Ele foi o quarto colocado na categoria dele no aquatlhon, fazendo a segunda melhor corrida.

Já hoje, fiquei ainda mais contente com o Tavinho. O moleque foi simplesmente campeão mundial na categoria dele. Orgulho velhinho!

Ano passado ele sofreu uma queda estranha durante um treino e quebrou o braço. Deu a volta por cima e hoje é o melhor do mundo!

Dedicado, humilde, sangue bom e raçudo. Parabéns Magrelo!

Além do Tavinho, o Rafael Farnezi (campeão mundial na China) foi o 6º na sua categoria! Bom demais!!!

Esses caras estão sempre presentes nos eventos da MKS em Brasília e é uma honra compartilhar o campo de provas com eles!

Conatri

 

Conatri

Por Henrique Soares Ebert

O propósito do BSBR é ajudar a divulgar o triatlo e estimular sua prática. Nós, Alexandre Dourado, Fernando Sousa e eu, Henrique Ebert (Respectivamente Riberator, Flecha e Uruca), somos apaixonados por esse esporte.

Por isso, fiquei muito lisonjeado em ser convidado para participar do Primeiro  Congresso Nacional de Triathlon, o CONATRI.

O CONATRI será realizado on-line entre os dias 21 e 27 de setembro e é totalmente grátis, para participar basta fazer sua inscrição através do site WWW.CONATRI.COM.

Minha palestra será na quinta feira, dia 24 de setembro, as 9 horas da manhã. Nela,vou compartilhar um pouco da minha experiência em provas de Ironman. Espero que gostem.

A programação oficial, que conta com muita gente boa, meus amigos, Guilherme Gonçalves, Willian Bonder, Fernando Carvalho e Cid Barbosa são algumas das feras que irão compartilhar seus conhecimentos. Além deles, os tops Santiago Ascenço, Rafael  Farnezi e Carla Moreno estão confirmados.

Corram, pois as inscrições além de gratuitas são limitadas.