Cartão de visitas

Lionel Sander, Alistair Brownlee e Sebastian Kienle

Foto de St George News

Por Henrique Ebert

Alistair Brownlee. Um dos maiores nomes do triatlhon de todos os tempos.
O cara é bicampeão olímpico, desbancando simplesmente Javier Gomez.
Sucessor imediato de Jan Frodeno na coroa olímpica.
Existiam dúvidas de que seria um grande em longas distâncias?

Sim. Normal. Tipo quando um Fernando Alonso anunciou que correrá na Indy-500 este ano.

A prova no Challenge Gran Canária foi sua primeira após anunciar sua mudança de foco, apensar não ser exatamente uma estreia em provas longas já que Alistair venceu o Short Course do Abu-Dhabi International Triathlon em 2013 e 2014*, que contava com 1,5km de natação, 100km de ciclismo e 10km de corrida).

Mesmo tendo quebrado o recorde do percurso, o Brownlee mais velho não teve muita competição (pelo menos não de grandes nomes). Por isso, os olhos do mundo do NadaPedalaCorre se viraram para Utah no último dia 6 de maio.

E a resposta veio depois de 3 horas , 41 minutos e 58 segundos (quebrando o recorde do percurso novamente). Alistair bateu a sensação do momento, o canadense Lionel Sanders, o Campeão Mundial de Ironman e Ironman 70.3 Sebastian Kienle, Tim Don, entre outros, para mostrar seu cartão de visitas.

Alistair saiu em segundo da água, dois segundos atrás do primeiro, o americano Bem Kanute. Kienle e Sanders já estavam com cerca de 2 e 3 minutos respectivamente de débito para o inglês.

“Mas o alemão e o canadense pedalam mais que Alistair”

O Lionel Sanders realmente pedalou mais rápido do que o inglês: 15 segundos mais rápido. Já Kienle ainda levou para casa mais segundos.

“Vai pagar na corrida”

Lionel Sanders realmente está voando na corrida, mas não foi suficiente para tirar o título de Brownlee.  O canadense conseguiu chegar a apenas 33 segundos do inglês. Impressionante! Mas serviu para tornar a vitória de Alistair ainda mais importante.

Apesar da dominância, Alistair não teve um dia fácil. Reconheceu que cometeu alguns erros em sua nutrição, mesmo tendo de andar o tempo todo forte, e isso poderia ter comprometido seu dia.

Meta do inglês: KONA. Principal concorrente: JAN FRODENO.

Lembrando, Alistair já sucedeu  Jan uma vez. Será que conseguirá novamente?

É possível! Mas lembre-se de um certo espanhol.

Tempo interessantes esses de 2017 para o Triatlhon.

*Vitória compartilhada com seu irmão mais novo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s