WTS – Yokohama

Por Henrique Ebert

Uma das etapas mais tradicionais do World Triathlon Series irá acontecer hoje: Yokohama!

Por conta do fuso, poderemos acompanhar ao vivo pelo streaming da ITU a partir das 22:00 (ou 10 da noite, se prefir).

 No guia da minha TV por assinatura não consta que a Bandsports irá transmitir nenhuma das provas – feminino ou masculino.

No masculino Gomez, Mola e Brownlee  são promessa de competitividade. 

Já a ausência de Gwen Jorgensen pode ser interessante para o field feminino.

Infelizmente não teremos nenhum representante. Esperamos que o novo presidente da CBTri faça logo alguma coisa ara promover o retorno dos brasileiros ao circuito.

Abaixo o compacto da prova feminina do ano passado.

Extraoficial

Por Henrique Ebert

A vantagem de se estar atrás no fuso horário é que você nem acordou e o resultado das competições já estão definidos. Bem pelo menos de algumas.

Na primeira etapa da World Cup da ITU, em Mooloolaba, Austrália, um espanhol levou a melhor. Não, não foi o Javier Gomez. Foi Mario Mola. Em segundo ficou o sulafricano Richard Murray  e, em terceiro, o veterano Sven Riederer. Já no feminino, teve dobradinha america: Gwen Jorgensen ficou em primeiro e Katie Hursey em segundo. A japonsa Al Ueda completou o pódio.

Vencedores do Mooloolaba World Cup

Já nos Emirados Árabes Unidos, os irmãos Brownlee mostraram sua força e fizeram 1-2 no Short distance do Abu Dhabi International Triathlon. Não sei nem se posso dizer que foi 1-2. O tempo dos dois é o mesmo na tabela de resultados. Esta mostra o irmão mais velho a frente do caçula. Ruedi Wild, da Suíça, Bart Aernouts, da Bélgica, e Ronie Schildknech, também da Suíça, completaram o top 5. No feminino o top 3 foi composto por Deirdre Casey, da Irlanda, Liz Verheyden, da Bélgica, e Sophie Margue, de Luxemburgo.

Irmãos Brownlee tirando onda depois de vencerem o Abu Dhabi International Triathlon

Enquanto escrevo isso, o Long Course em Abu Dhabi ainda está rolando e já to saindo para meu treino. Quando voltar do treino a tarde eu atualizo os resultados.

A vida dos triatletas profissionais – Javier Gomez

Javier Gomez

Sprint Gomez x Brownlee no ITU World Championshp 2013 em Londres – deu Gomez

Por Alexandre Dourado

Javier Gomez Noya dispensa grandes apresentações! Todos que iniciaram no triathlon agora já devem ter ouvido falar dele!

O espanhol de 1.78m e 69kg ( fico deprimido quando vejo o peso desses caras!!!! ), já  foi campeão mundial 3 vezes, além de três vice e um terceiro lugar (!!!), campeão europeu, venceu diversas etapas de World Cup, foi medalha de prata na olimpíadas de Londres, foi campeão mundial de X-TERRA, entre muitos outros feitos (ufa).

gomez xterra

X-Terra World Championship 2012 – Gomez levou também

Na minha opinião, Javier é o melhor triatleta da atualidade e o mais constante. Ele dificilmente se lesiona, e esta sempre rodando forte. Esse triatleta possui um Vo2 de 82 ml/kg/min, melhor tempo de natação 1500m pra 15:45 ( muito forte!!!! ) e corre os 10k abaixo de 30:00 em provas de triathlon ( seu melhor tempo de corrida nos 10k foi 29:10). A melhor série dele na pista foi 8 x 1000m pra 2:45 com intervalo de 2 minutos ( alguém encara??!!).

O vídeo apresentado pela specialized acompanha o atleta na semana antes da final do campeonato mundial de triathlon 2011. Neste vídeo, Javier declara que nada em torno de 20-23k por semana, roda 300k de bike (divididos em 5 dias) e corre 100k por semana (mas que muito Ironman faz por aí), mas ele deixa claro  foca bastante intensidade que na corrida, chega a fazer pista 3x por semana.

É nitido a origem esportiva vinda da natação, ele treina todos os estilos. No pedal, enfatiza os treinos trás moto, que simula o ritmo e velocidade que os pelotões da ITU chegam.

A prova que a Specialized acompanhou, ele conquistou bronze ( perdendo para os irmãos Brownlee), mas mesmo assim um grande feito ( mesma posição conquistada pelo Leandro Macedo em 1996 ).

Copa do Mundo 2014…

… de triathlon

Os mundiais de Ironman e de 70.3 são muito bacanas. Todo triatleta quer fazer! Mas vou te dizer uma coisa: faz um tempo que quero fazer a copa de triathlon standard (o antigo olímpico) ou de sprint da ITU.

Iria aproveitar para fazer o mundial de aquathon no início da semana e ainda ia assistir, os heróis do paratriathlon, e claro, ver os irmãos Brownlee, Javier Gomez e companhia voando no evento principal.

Este ano, o mundial será em Edmonton no Canadá.

O motivo disso? Basta assistir os videos abaixo.