Cartão de visitas

Lionel Sander, Alistair Brownlee e Sebastian Kienle

Foto de St George News

Por Henrique Ebert

Alistair Brownlee. Um dos maiores nomes do triatlhon de todos os tempos.
O cara é bicampeão olímpico, desbancando simplesmente Javier Gomez.
Sucessor imediato de Jan Frodeno na coroa olímpica.
Existiam dúvidas de que seria um grande em longas distâncias?

Sim. Normal. Tipo quando um Fernando Alonso anunciou que correrá na Indy-500 este ano.

Continuar lendo

Anúncios

Semana BSBR

Final de semana com recheado de provas nacionais e internacionais.

Copa Brasília

Foi disputado em Brasília a 1ª Etapa da Copa Brasília de Triatlhon. A prova foi disputada nas distâncias de Short Triathlon. Os top 3 Masculino foi composto respectivamente por Paulo Guimarães Jr, João Carlo Almeida e Rômulo Menezes. Já no Feminino, Flávia Pedreira seguida por Nayara Lunière e Lana Spencieri . Mais uma vez a MKS realizou um ótimo evento. A segunda etapa será realizada dia 31/05/2015.

Troféu Brasil

Enquanto isso, em São Paulo, foi disputada a segunda etapa do troféu Brasil de Triathlon. Mais uma vez Marcus Fernandes levou a melhor. Ele tá nadando, pedalando e correndo muito! Assim que sair o rsultado completo o post será atualizado.

Ironman Texas

Nos Estados Unidos, o canadense Lionel Sanders teve de pedalar (02:02:25) e correr (01:12:20) como se estivesse fugindo da polícia para ganhar o Ironman 70.3 Texas. Andy Potts, que havia ganhado o 70.3 Nova Orleans no domingo anterior, ficou à dois minutos de Sanders na segunda colocação. Em terceiro, outro canadense, Cody Beals ficou em terceiro, 1 minuto atrás de Potts.

Entre as mulheres, a Dinamarquesa Helle Frederiksen continua mostrando que a invasão ITUANA em provas longas tem tudo para ser bem sucedida. A vencedora do Ironman 70.3 Brasília ganhou a prova com 04:07:52. Nessa prova, a máxima de que natação não ganha prova mas pode fazer você perder fez-se valer. Helle nadou para 25’42’’, 4 minutos mais rápida do que a segunda colocada Angela Naeth, do Canadá, que fechou o dia com 04:13:50. Fechando o top 3 ficou Emma-Kate Lidbury, da Grã Bretanha.

Challenge Taiwan

Se os canadenses colocaram 3 atletas no Top 3 do Ironman Texas (dois homens e uma mulher), os neozelandeses colocaram 4 no Challenge Taiwan (Todo Top 3 masculino e a segunda colocada no feminino). O vencedor do Challenge Dubai, Terenzo Bozzone fechou o dia com 03:52:41, 4 minutos a frente de seus compatriotas Mike Philips e Dylan McNeice. Entre as mulheres a russa Eva Potuckova  , levou a melhor, seguida por Kathryn Haesner     e Brooke Langereis  da Austrália.

Campeonato Brasileiro de Duathlon

A capital amazonense, que vem se mostrando como uma cidade importante para o multisport do país, sediou no sábado a etapa única do Campeonato Brasileiro de Duathlon. Entre as mulheres, Ariane Monticeli dominou a prova com 02:01:38, seguida por Detlei Hasse, com 02:02:50 e Nayara Lunière (você não está lendo errado não, ela saiu de Manaus e veio competir em Brasília no dia seguinte) em terceira com 02:03:22. Entre os homens a disputa pelas duas primeiras colocações foi ainda mais apertada. Francisco Viana ganhou com apenas 28 segundos de vantagem para Thiago Assad.

WTS Cidade do Cabo 750m-40km-10km

A Cidade do Cabo sediou a quarta etapa da Copa do Mundo de Triatlhon. A baixa temperatura da água fez com que a natação fosse cortada pela metade para os profissionais e retirada da competição para os amadores.

Entre as mulheres, que venceu foi a Inglesa Vicky Holland, que estava retornando de uma lesão, em segundo ficou a americana Katie Zaferes, que havia conquistado a terceira colocação na Gold Coast no início do mês de abril. Em terceiro ficou a campeã olímpica Nicola Spirig.

Javier Gomez e Alistair Brownlee eram os franco favoritos, mesmo com o inglês retornando de uma lesão (assim como Holland). Entretanto, o corte na natação favoreceu atletas que se destacam nas provas mais curtas como Mola, Murray e Luis. Com isso, o pelotão principal ficou gigante. Brownlee estava o tempo inteiro na parte da frente do pelotão, por vezes puxando o trem.

Mas, as coisas foram decididas com os pés no chão. Browlee e Gomez foram os primeiros a sair da T2. Logo no inicio da corrida juntaram-se a eles Alarza, e Murray, este empolgadíssimo por estar correndo em casa, e Vicent Luis. Os cinco estavam juntos até o 5km. Quando o ritmo começou a apertar. Brownlee tropeçou (provavelmente chutou o calcanhar do Gomez) e caiu. Ele se levantou e buscou o pack. Sobrou de novo e buscou mais uma vez. Impressionante a raça desse inglês! Murray vinha mostrando que estava forte e vinha ditando o ritmo. Por volta do 8km Gomez ataca e leva Brownlee com ele. Murray acompanha os dois de longe. Mais atrás, parecendo estar fora da disputa, estava Luis. No último km, Brownlee ataca em cima de Gomez e abre um dia. Final, Brownlee em primeiro, Gomez em segundo e Luis, após ter ressuscitado, em terceiro. Que prova!